4 de junho de 2008

Ai, que ódio!

Eu prefiro não comentar as coisas que eu não gosto ou que me irritam.
Isso porque sempre vai ter alguém que vai fazer só pra me ver brava.
Mas o que eu vou falar agora tem sido muito constante e eu espero, mesmo sabendo que os engraçadinhos existem, que um dia, por meio da leitura desse texto, isso acabe de vez.
Pessoalmente, essas coisas me irritam muito mais, mas no messenger isso ocorre com mais freqüência.
Você está no messenger e entra aquele amigo que vocês não têm muito assunto, vocês não têm muita intimidade, mas toda vez ele vem falar com você começa da mesma forma: “E aí, como foi seu fim de semana?”, ou então: “E aí, como estão as baladas?”, ou a pior de todas: “E as novidades?”
É tipo quando você encontra o síndico no elevador e pra ser simpático diz: “está calor, não está?”.
Ou então quando você visita aquela irmã da sua avó que não vê faz tempo e ela pergunta: “E os namorados?”. Isso mesmo, sempre no plural.
Se fosse uma vez ou outra, ou se eu soubesse que no meu fim de semana tivesse acontecido algo do interesse da pessoa, eu até responderia: “ah, então, eu fui lá mesmo e deu tudo certo e blá blá blá wiskas sachê”
Mas não é só uma pessoa e também não acontece uma vez só. São várias pessoas que fazem isso cada vez que vem puxar assunto.
Então eu já desvio: “Foi ótimo, e o seu?
E como se não bastasse, as mesmas pessoas que começam o assunto assim fazem outra coisa que me irrita muuuuito, o famoso “hhuuummm”
Ele tem suas variações, dentre elas o uuummmm, o hhhmmm, mmmm, ou simplesmente hum.
E eu tenho um óóódio dele!
Pessoalmente então, dá vontade de levantar, cuspir na cara da pessoa e ir embora.
Nesse caso, ele vem acompanhado das sobrancelhas levantadas e um suave sorrisinho.
E é sempre assim:
- E aí como foi seu fim de semana?
- Foi ótimo, e o seu?
- Também. Você já foi àquele parque aquático?
- Não, ainda não.
- Hum...
As únicas variáveis são as linhas 4 e 5.
Sei lá, tenho a impressão que a minha resposta não é nada além de um simples montinho de palavras, não sei. É estranho.
Peço desculpas aos que se ofenderam com isso, mas, gente, não é nada pessoal, ta?
Como já disse, muita gente o faz e isso está tomando proporções cada vez maiores, deve ser porque, com o tempo, a gente adiciona mais conhecidos no messenger, conversa com mais pessoas novas... dã.
Agora atenção: depois desse aviso, não quero gente reclamando que eu deixei falando sozinho, muito menos que fui chata, ok?
Ai, desabafei.

2 comentários:

Anônimo disse...

hummm...
^^




Yuri (6)

Rafa disse...

Uau! Vou pensar em outra forma de começar uma conversa com você!

kkkkkkk

Bjs