25 de março de 2008

Tempos Modernos

Existem muitas pessoas que insistem em não acompanhar a vida moderna.
Talvez por teimosia, cabeça dura ou medo.
Mas chega uma hora que a onda da modernidade vem tão forte que você sente falta de coisas que nunca teve.
Celular, por exemplo.
Não quer ter celular, não tenha, mas não reclame se ninguém mais te chamar pra sair, ou não te encontrarem pra desmarcar um encontro pra lá de Itapecerica da Serra.
Celular é muuuuito útil, gente.
Não preciso nem dizer por que, né?
Quem não tem, um dia vai sentir falta, se é que já não sentiu.
E nem custa tão caro assim hoje em dia. Sem contar as facilidades de pagamento.
Outra coisa que eu acho que todo mundo (que tem juízo) deveria ter, era cartão de crédito.
Eu acho inaceitável uma pessoa maior de 18 anos, que trabalha e que tem CPF regular não ter um cartão de crédito.
Não são todas as lojas que fazem o tal boleto, não!
Isso também é uma coisa que você pode sentir falta um dia. Daí você pede o da sua mãe emprestado. Mas até quando?
“Alô! Mãe, eu to aqui no supermercado e apareceu uma promoção relâmpago de fogões e eu peguei um. Será que você pode vir aqui pra passar seu cartão de crédito?”
O problema é anuidade? Então saiba que existem cartões que não cobram essa taxa. O meu mesmo é um.
Então o problema são os juros. É só não gastar mais do que você ganha. Se pagar sempre em dia, você não corre esse risco.
E pedir cartão de crédito pra amigo é bem arriscado. O amigo pode ficar sem graça de negar, você esquecer de pagar e a amizade acabar por causa disso.
Ou se o amigo disser que não empresta, você pode ficar chateado.
Vale a pena pagar pequenas taxinhas para ter sua “liberdade”.
Fora que é chique ter cartão de crédito. Principalmente se for internacional.
Eu sinceramente não vejo motivos para não ter um.
E se você souber de algum motivo pra não ter um cartão de crédito (fora compulsão por compras) que seja mais convincente do que os meus para tê-lo, por favor, apresente-o.
Só um adendo: proprietários de celulares pré-pagos, por favor, ponham crédito porque eu não sou obrigada a receber suas ligações a cobrar sempre. Na emergência vá lá, mas, por gentileza, tome um pouco de vergonha na cara. Obrigada!

3 comentários:

erica disse...

eu tenho cartão de crédito e adoraria viver sem ele. é um acessório do diabo que faz você se encantar e quando perceber você já está no inferno.....
preciso de uma luz e dinheiro para pagar as faturas!

Nathalia Carbonieri disse...

Esqueci de citar as compras pela internet!

Matheus Carbo disse...

Então bom mesmo é pedir pra amigo! Se ele ficar encabulado em falar que não, tem que pedir (claro que eu estou brincando, o máximo que eu já pedi foi R$ 2,00)